domingo, 23 de março de 2008

Arthur C. Clarke e o melhor da Ficção Científica no Cinema

Da série Top 5

A triste notícia sobre a morte de Arthur C. Clarke, divulgada esta semana, inspirou esse post, que tenta organizar uma lista com os melhores filmes de ficção científica na minha modesta opinião. Que fique claro que não tenho loucura pelo gênero, portanto, é natural que escape um ou outro filme considerado fundamental para qualquer tentativa de classificação dos filmes sci-fi.

1 - 2001: uma odisséia no espaço, de Stanley Kubrick. O filme, produzido em 1968, é um clássico absoluto. Baseado no conto "A Sentinela", de Arthur C. Clarke, foi o primeiro grande filme a falar do domínio das máquinas sobre os homens, fazendo uma reflexão sobre a evolução humana. Na história, uma equipe de astronautas navega pelo espaço, rumo ao planeta Júpiter, a bordo da nave Discovery, totalmente controlada pelo computador Hal 9000. No meio da viagem, uma pane no sistema de navegação faz o supercomputador ter vida própria, e o medo de ser desligado o torna uma terrível ameaça à vida dos tripulantes.


2 - Blade Runner - O Caçador de Andróides, de Ridley Scott. Já um cult por excelência, lançado em 1982, é um dos filmes que mais marcaram meu imaginário infantil sobre um futuro cheio de terríveis invenções. Na história, um grupo de andróides assassinos muito mais fortes que os humanos - os chamados replicantes - é caçado na terra por um ex-blade runner (o esquadrão da polícia especializado em "aposentar" andróides) vivido por Harrison Ford. O clima noir da produção e a história toda é muito doida, mas totalmente demais! Tudo o que o grupo de replicantes quer é encontrar seu criador, para que ele lhes dê mais alguns anos de vida - eles são fabricados para morrer após quatro anos de "existência". O problema é que os replicantes têm um emocional muito instável...

3 - Matrix, dos Irmãos Wachowski. O primeiro filme da trilogia, de 1999, tem uma história fantástica e totalmente inserida no novo contexto das realidades virtuais vividas por nós, ávidos usuários da tecnologia. No distante futuro do ano 2200, vivemos num mundo onde as máquinas controlam a vida dos homens por meio da Matrix, um sistema artificial de simulação da realidade que usa os organismos dos seres humanos para produzir energia. Mas um grupo de humanos livres, vivendo nas profundezas da Terra não se conforma com isso e parte para a briga contra o sistema, em mais um filme de ficção científica com o embate homem versus máquina.

4 - E.T. - O Extraterrestre, de Steven Spielberg. Cheio de imagens que podem ser consideradas ícones do cinema (como a usada no cartaz ou aquela em que uma luz se acende na ponta do dedo do ET), é daqueles filmes meio arrebatadores para as crianças. E eu assisti justamente quando era criança... Em uma visita de exploração pela Terra, um ET é esquecido pela nave espacial em que viajava e logo é encontrado pelo menino Elliot, que vira seu amigo, protegendo-o de todas as maneiras para que não seja estudado como cobaia extraterrestre pelo serviço secreto americano. As capacidades telecinéticas do ET e o dom de voar dão o toque mágico necessário para fazer dos ET's seres completamente confiáveis (pelo menos para mim).


5 - Laranja Mecânica , de Stanley Kubrick. Numa Londres de um futuro não especificado, uma gangue de delinqüentes liderada por Alex, aterroriza a cidade com atos de ultraviolência - incluindo aqui agressão a mendigos, estupros e invasões a residências - sempre ao som de música erudita (Beethoven, de preferência). Mas o líder do grupo é preso e submetido a um tratamento experimental de reabilitação cruel, que o deixa completamente indefeso contra a violência cotidiana do mundo normal. Um clássico.
.
.
Esta é uma listgem pessoal. Mas não é que ficou um tanto parecida com outras listas oficiais por aí? Confira outras aqui e aqui.

A morte de Clarke - Arthur C. Clarke morreu na última quarta-feita, dia 19, aos 90 anos de idade, na cidade de Colombo, Sri Lanka. Fã ativo da ficção científica, escritor e divulgador científico, Clarke morreu mantendo os olhos no futuro. Não foi à toa que em dezembro do ano passado, tornou público três desejos em que acreditava ardentemente: que o mundo deixasse sua dependência do petróleo, que a paz no Sri Lanka fosse estabelecida e que finalmente os ETs fizessem algum contato com a Terra.

4 comentários:

elenmateus disse...

Ainda na seara do Kubrick tem o Dr. Fantástico (1964), que lá no cinema em cena (o link que tu deste para este site) tá na posição 35. Tadinho, eu gosto dele (do filme, não do louco anticomunista).

=)

Ricardo disse...

Faltou também Star Wars. Ah! Mas essa é uma lista pessoal! Tá certo... rsrsrs

gerald disse...

Engraçado...
Eu terminei de ler e fui fazer a minha lista. OComecei com 2001, seguida de Brazil, depois que fui olhar as listas que deixaste os linques...
Tu ainda não assisitu BRAZIL?

Bero Vidal disse...

Zeitgest é um filme/documentário básico. Se puder, assista.