sábado, 16 de fevereiro de 2008

Urso de Ouro para Tropa de Elite

Mais insultado que árbitro em partida de Fla-Flu. Mais espezinhado que peça de teatro criticada pela Bárbara Heliodora. Mais pirateado que CD de brega... Muitos são os adjetivos negativos que se pode atribuir a Tropa de Elite, longa de ficção dirigido pelo cineasta José Padilha que, a despeito de tantas tentativas de tiranizá-lo, atingiu o título de filme mais assistido do Brasil no ano passado (cerca de 11,5 milhões de espectadores, incluindo os piratas, segundo pesquisa realizada pela distribuidora internacional do filme); conseguiu se manter no topo das discussões mais relevantes do país e além de tudo: levou o Urso de Ouro de melhor filme do Festival de Berlim!
O prêmio foi anunciado neste sábado, 16, pelo júri presidido pelo cineasta Costa-Gavras (diretor de O Quarto Poder e Estado de Sítio), contrariando apostas de especialistas da área, que apontavam Sangue Negro, de P.T. Anderson, como favorito para o prêmio. O Urso de Ouro dado a Tropa de Elite também contraria a saraivada de críticas negativas que o filme recebeu, acusado de fascista não apenas no Brasil: a revista americana "Variety", especializada em cinema, declarou que o longa brasileiro peca pelo seu Estilo Rambo e comparou o Bope à SS Nazista.
A decisão do júri do Festival de Berlim surpreendeu muitos, inclusive pelos problemas técnicos enfrentados pelo filme no momento de sua exibição - problemas que lembraram até mesmo um boicote: o filme foi exibido no original em português com legendas em alemão. O normal são legendas em inglês. Por causa disto, os jurados e o presidente do júri tiveram que usar fones de ouvido - com narração em voz feminina, quebrando o clima predominantemente masculino do filme. Já pensou como deve ter sido a mocinha da tradução simultânea dando uma versão para o famoso "pede pra sair" do Capitão Nascimento?
Tradução insossa - Sim, o "pede pra sair" virou um sem-graça "ask to quit". "O senhor é um fanfarrão" virou "you're a buffon". E o maldoso "traz o saco" para persuadir bandidos a entregarem seus iguais? Foi traduzido como "bring the plastic bag". O próprio Bope, de Tropa de Elite passou a ser chamado de "The Elite Squad". Meio sem graça, né?


2 comentários:

Cintia disse...

Contrariou o bope! Enquanto eles ddiziam "nunca serão" o Padilha pensava "quem sabe..."

Anônimo disse...

Esse filme é legal, só isso. Não acredito que seja melhor que o do PT Andersom. Só se o PT piorou desaprendeu.

Gerald